Viagra natural – Substâncias derivadas de ervas para combater a Disfunção Erétil

A disfunção erétil (DE) é um mal que acomete homens de várias idades, mas, principalmente, os mais velhos. O tratamento convencional é por meio de medicamentos que podem provocar algum tipo de efeitos secundários, e esse mercado possui uma vasta gama de tratamentos. Já o Viagra natural é um remédio à base de ervas que visa a melhorar o desempenho sexual e as ereções masculinas.

Esse tipo de tratamento é costumeiramente vendido online, pois boa parte do público masculino reluta em procurar ajuda médica presencial. Assim, os vendedores de Viagra natural acabam por oferecer esses produtos pela internet.

No entanto, esse tipo de tratamento da disfunção erétil é um tanto duvidoso, pois não existe nenhuma prova de que eles realmente melhoram as ereções muito menos se eles podem causar algum efeito secundário. Como utiliza as palavras “natural” e “ervas”, tem-se a sensação de que é seguro. Porém, existem muitos perigos escondidos.

Evite a compra de “falsos viagras”, compre viagra online online, inclusive sem ter necessidade de receita médica prévia. Saiba como aqui.

Efeitos secundários que o Viagra natural pode causar

Boa parte dos tratamentos que são vendidos como Viagra natural nunca passaram por um teste em ensaios clínicos. Por isso, o seu uso pode ser inadequado para os homens que possuam problemas de ereção. Afinal, eles podem não colaborar de nenhuma forma para que a ereção seja alcançada, mas podem causar alguns efeitos desagradáveis.

Um dos maiores problemas que os medicamentos naturais apresentam é que a dose no comprimido do ingrediente ativo não pode ser controlada de forma satisfatória. Outro problema verificado ocorre quando o paciente resolve experimentar o tratamento com ervas enquanto está tomando outro medicamento. Um bom exemplo é a ioimbina, que pode causar algumas interações medicamentosas que por sua vez podem ser muito perigosas quando ingerida com outro medicamento como, por exemplo, os que controlam a pressão arterial.

Alguns dos tratamentos mais comuns feitos à base de plantas

Arginina

A arginina possui princípios similares aos do Viagra e, por esse motivo, ajuda a manter a ereção no homem. Esse suplemento dietético traz benefícios para a saúde cardiovascular e justamente isso que faz com que ele seja vendido como um tratamento da disfunção erétil. Segundo alguns testes que foram realizados com esse suplemento, descobriu-se que ele funciona melhor do que os comprimidos que não possuem medicação, conhecidos por placebo.

A arginina provoca um aumento na produção de ácido nítrico. Esse ácido ajuda a manter a ereção conforme divulgado pela revista científica Neurology. Ela atua relaxando e alargando os vasos sanguíneos, o que possibilita que o pênis tenha uma oferta mais consistente de sangue.

Ginseng vermelho coreano

Muitas lojas que vendem alimentos saudáveis também oferecem esse Viagra natural. Apesar de não ter nenhum ensaio clínico substancial que confirme seus benefícios, várias pessoas acreditam em sua capacidade de melhorar a função sexual.

Essa raiz aumenta a energia e a força, bem como o sistema nervoso. Ele já foi testado em mulheres que sofrem de disfunção sexual, mas os resultados obtidos não foram conclusivos.

Epimedium

De acordo com uma lenda chinesa, o Epimedium, conhecido como erva-do-bode-excitado (horny goat weed), foi descoberto quando um pastor percebeu que seus bodes, ao comerem essa planta, ficaram estimulados sexualmente. A fim de saber as substâncias que ela apresenta, a Universidade de Michigan realizou uma pesquisa que comprovou que essa planta possui um composto conhecido por lcariin, que é responsável por estimular os nervos e aumentar os níveis de testosterona. No entanto, seu efeito nos seres humanos não é real.

Ioimbina

A ioimbina é anunciada como uma forma de tratamento natural para quem sofre de disfunção erétil. Essa droga deriva-se da casca de uma árvore que é encontrada na África Central. Trata-se de um alfa-bloqueador que pode alargar os vasos sanguíneos. No entanto, seu uso não é aprovado como um medicamento que trata a disfunção erétil e ainda pode apresentar alguns efeitos secundários perigosos.

Maca

Conhecida como ginseng andino, ou o Viagra dos Incas, o extrato dessa raiz contém macaenes e macamidas, compostos recém-descobertos que ajudam a restaurar os níveis hormonais, bem como a aumentar a energia de ambos os sexos. Sendo que, nos homens, ele é um dos mais potentes afrodisíacos pois auxilia a manter a ereção e aumentar o volume seminal que ajuda na contagem do esperma e na mobilidade.

Cordyceps

O cordyceps é um extrato de cogumelo que aumenta o fluxo sanguíneo e a testosterona. O açúcar fucose é natural e desempenha o papel de antienvelhecimento do corpo. Assim, a comunicação celular é facilitada e o fluxo sanguíneo nos órgãos sexuais aumenta. No entanto, alguns homens relataram, na fase de estudos, que não conseguiam dormir por se sentirem excitados demais.

Tirosina

A tirosina é um aminoácido que provoca um aumento nos níveis de dopamina, que é um neurotransmissor responsável pelo aumento do prazer. Isso quer dizer que ele é afrodisíaco e promove ereções. No entanto, ela aumenta o metabolismo e a pressão arterial do indivíduo. Por isso, é importante consultar o médico antes de iniciar o tratamento com a tirosina.

Viagra Original

Por tudo o mencionado acima, fica óbvio que se deve optar por terapias medicamentosas fiáveis e eficazes e para tal apenas se pode recorrer a medicamentos testados e disponíveis em farmácia, seja física ou online. A 121doc, um website parceiro, é uma clínica online que permite a obtenção do Viagra Original através de uma rápida consulta online, recebendo depois o seu tratamento de forma discreta em casa. Clique no botão abaixo para saber mais.